domingo, 7 de abril de 2013

As Mortes Mais Bizarras em Supernatural, Comentários SPN 8.19 Taxi Driver, Grimm 1.13 e Saint Seiya Omega 51

Olá pessoas!

Como estão? Preciso dar uma movimentada nisso aqui. Não me espichar tanto nos comentários e trazer coisas diferentes.
Todo o início do mês, o blog vai ter uma listagem ou uma parte do post diferente do habitual.

Então, como é o primeiro domingo do mês de abril, vamos começar!


MORTES MAIS BIZARRAS DE SUPERNATURAL

É comum pelo menos uma morte em cada episódio de Supernatural. São por causa delas que os Winchesters têm um novo caso a resolver. Mas, digamos que algumas deram uma extrapolada. Vamos ver quais?

#7 Sam sendo atingido por um raio

Episódio: 4.08 Wishful Thinking

Por que é uma morte bizarra?



O episódio é meio [bem] bizarro. Coisas muito inusitadas acontecem, mas o fato de Sam morrer por conta de um raio vindo de um céu azul, ora faça-me o favor! Com tantos jeitos para um Winchester morrer, é bizarro demais morrer por causa de um raio.

#6 Coração saindo do peito

Episódio: 8.08 Hunter Heroici

Por que é uma morte bizarra?


Ok!  Aceitamos a ideia de que o episódio é baseado nos maiores clichês de desenhos animados e coisas do tipo seriam normais de acontecer. O problema é: nos desenhos animados ninguém morre com o coração assim! Aliás, ninguém morre em desenhos animados [Com exceção de Saint Seiya]. O coração palpitando num extremo que salta do peito. É quase ridículo! Cuidado com seus sentimentos... Eles podem sair do peito e acabar com você... Literalmente!

#5 Casal que "se comeu". Literalmente!

Episódio: 5.14 My Blood Valentine

Por que a morte é bizarra?


Ela é tão bizarra que é uma das coisas mais nojentas de Supernatural. Tudo começa quando um casal começa a se beijar e, aparentemente, parece "ir às vias de fato". Porém o que parecia ser só mais um caso de sexo selvagem acaba na morte do casal, acredite, por terem se comido um ao outro. A polícia quando encontrou os corpos, disse que parecia que ela ainda mastigava. Olha, pelo menos ainda existem coisas piores. E em outras séries! Grimm que o diga!

#4 Morte do Eric Kripke

Episódio: 5.15 The French Mistake

Por que a morte é bizarra?


Pelo simples fato de que mataram o criador da série da maneira mais besta possível. Ok, o episódio é uma charge deles mesmos, mas o cara morrer em câmera lenta por um dos capangas de Raphael, com todo o melodrama possível? Já é muito exagero! Fora que o episódio tem outras peculiaridades que é melhor nem comentar.

#3 Dean morre por ataque de cachorro.

Episódio: 3.11 Mystery Spot

Por que a morte é bizarra?


Bem, Dean morre várias vezes nesse episódio, de qualquer forma possível. Engasgado, atropelado, no banheiro... Mas, morrer por causa de um cachorrinho bonitinho já é forçar a barra! Por mais que a cena foi engraçada, mas já exagerou um pouco. Na melhor das hipóteses, pelo menos essa cena rendeu outras piadas relativas, como Dean correndo do "cachorro assassino de lacinho" no episódio 4.06 Yellow Fever.

#2 Unicórnio matando um cara

Episódio: 7.14 Plucky Pennywhistle's Magical Menagerie

Por que a morte é bizarra?


Nem vou comentar muito que esse episódio é o tosco da temporada porque vão achar que é bullying da minha parte.
Um cara corre em uma floresta, fugindo de algo. Quando vê, é um unicórnio. Ele se esconde atrás de uma repartição de madeira e o unicórnio o perfura ali mesmo. Só que... Além de termos um unicórnio assassino, ele solta arco-íris pelo traseiro. Não! Você não leu errado! Eu já tinha mencionado isso quando comentei o episódio, mas é tão bizarro que merece estar no segundo lugar.

#1 Leviatãs se "auto comendo".

Episódio: 7.09 How To Win Friends and Influence Monsters

Por que a morte é bizarra?


Bem, para chegar ao ponto do Bobby dizer "agora eu vi tudo", pensa numa coisa surreal: e multiplica!
Dick Roman, num acesso de raiva porque um dos seus subordinados falhou, mandou-o se auto-comer! Sim! O leviatã abriu o bocão, começou pelo braço e se devorou. Não mostraram detalhes, mas deu para ter noção do que era. Não vi nada até agora que pudesse superar isso. Por isso mereceu o primeiro lugar.

SAINT SEIYA OMEGA EPISÓDIO 51

Brilhe Kouga: A batalha final da Luz contra a Escuridão!

Kouga estava bem melhor, mas ainda não foi o que eu esperava. Não adianta! O cara não é como o Seiya.
Sabe aquela velha história de que "vamos passar o cosmo para o amigo"? Pois é, no Omega voltou com tudo. Ideia do Souma, para variar. Mas aí eu pensei, o Seiya está ali junto com os outros! Será a vez de ele retribuir todas as vezes que Shun, Hyoga, Ikki e Shiryu passaram seus cosmos a ele. Pensa que ele fez algo? Bem capaz! Ficou lá encostado. Nem quando tem a chance de fazer algo para "limpar a fama de encostado", não faz!
Kouga surrou Abzu, mas vamos combinar: Abzu é uma mulher ou não? Pode parando! A Armadura era feminina demais para um deus com aquela pose.
Kouga liberta Athena, briga com Abzu, mas na real quem salva a pátria é Aria com seu cajado, ou melhor, o que sobrou dele. O espírito de Aria salva Kouga. A luz de Aria lava todos os cavaleiros, limpando as manchas das trevas. Final épico, mas eu esperava um pouco mais.

SUPERNATURAL

8.19 TAXI DRIVER [TAXISTA]

Esse ainda não foi o tosco.
Adorei a parte do "desvio de conduta" dos ceifeiros. Como um "coiote" contrabandeando almas/pessoas para o inferno. Quando vi achei que fosse que nem Hades, alguém atravessando para o inferno, mas foi mais original.
Agora a pergunta que fica: será que é alucinação ou Crowley pegou mesmo o Kevin?
Tudo indica que sim, mas ficou meio sinistro. Dean acha que ele estava enlouquecendo, mas não sei se é realmente isso. Agora a Naomi resolveu bancar a boazinha. Verdade seja dita, pelo menos ela fez uma coisa que preste e mandou a alma do Bobby para o céu. E Bobby estava espetacular!
O único jeito de ir ao inferno é passando pelo purgatório. E Benny realmente não era tão mau [a não ser que seja alguma estratégia para alguma coisa, em Supernatural não dá muito para confiar em ninguém]. Ele se sacrificou para salvar Sam e se dizia insatisfeito desde que saiu do purgatório. Mas, vamos ver o que isso vai resultar.
Agora temos um profeta desaparecido e Dean e Sam sem saber o que realmente houve. Isso vai dar muita dor de cabeça ainda.

GRIMM

1.13 THREE COINS IN A FUCHSBAU [TRÊS MOEDAS NA TOCA DA RAPOSA]

Três moedas: de um lado o símbolo da suástica e o outro com a cabeça de um leão. Três raposas disputando as moedas e também um chacal. As moedas mudam a personalidade da pessoa e os únicos que não são afetados são os Grimm. Hank pegou as moedas. O Capitão também. Pensem no trabalho do Nick então. Nick descobre que o chacal era ex-namorado da tia Marie. E que ele sabe sobre o acidente dos pais do Nick. Acho que Nick vai investigar mais a fundo, porque agora que sabe que é um Grimm, talvez aquilo não fosse um simples acidente. E o Monroe que ficou maravilhado com mais coisas que descobriu no trailer da tia Marie! Nick precisa da sua ajuda novamente, já que Monroe sabe falar alemão, para entender os livros sobre as criaturas.
O final mostra Nick olhando um filme onde aparece Hitler. Ele também era uma criatura Wesen. Ou seja, um Grimm pode identificar criaturas Wesen por filmes também, o que achei muito interessante.

Pelegrino anda quietinho, sem aprontar nada. Anda sossegado até demais.

Era isso pessoas, espero que tenham gostado do post. Gostaram-se, curtam nossa página. Tem um texto legal sobre Supernatural, Grimm ou Saint Seiya? Pode me enviar. Quem sabe eu publico aqui [com todos os direitos autorais, óbvio!]

Deixo para vocês mais uma frase Supernatural. Peguei de outro site porque meu PC com todas as frases estragou. Tive que apelar, estou sem material. Mas, mantive o crédito, óbvio.

Até a próxima!

o/


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...