domingo, 23 de setembro de 2012

Resident Evil 5, Música Supernatural e Saint Seiya Omega 24


Olá pessoas!

Depois de quase ter virado sapo, estou novamente por aqui. Sol e frio, bem típico do sul. Mas, vamos encerrando esse papo porque não sou poeta.

Assisti ao filme Resident Evil 5: Retribuição [Resident Evil 5: Retribution]. Achei tão bom quanto os outros. Não lembrava mais muito da história dos últimos, mas olhando deu para lembrar-se de certas coisas. Levaram o filme inteiro para atinar o que eu já havia atinado no 4: tirar aquele troço do peito da mulher para ela voltar ao normal. Mas, tirando esse "detalhe", o filme continua com a dose certa de ação e o roteiro continua bom.


SAINT SEIYA OMEGA 24

Em Busca do Reencontro: Vamos para a Última Ruína!

Kouga, Yuna, Souma, Ryuho e Haruto estão reunidos e seguem para a última ruína, a do trovão, para destruí-la e salvar Aria. No meio do caminho, os jovens cavaleiros encontram Shina de Cobra, mestre de Kouga. Ela é amazona do elemento de trovão e é fundamental para a destruição da ruína. Mas antes ela pede para falar com Kouga em particular. Os jovens cavaleiros seguem na frente. Shina conta a Kouga a verdade sobre seu nascimento. E agora é oficial: Kouga é filho de chocadeira. Custava ele ser filho do Seiya? É tão parecido. Até meio burrinho é. A não ser que os japoneses achem que "procriação" não seria muito adequado o que também é muita contradição considerando o caso Shiryu e Shunrei. A não ser que pega mal para uma deusa, mas se tratando de outras coisas que a Atena fez na série clássica, ter um filho não seria nada demais. 
Voltando ao foco, Shina conta que quando Kouga nasceu, caiu um meteoro na Terra, gerando uma explosão de luz e trevas. Dessa explosão foram geradas duas crianças "do nada": Kouga e Aria. Marte levou Aria e Atena adotou Kouga. E a partir disso os destinos dessas crianças foram decididos. 
Depois desse "balde de água fria" na cabeça de Kouga, ele e Shina seguem os outros e todos se encontram dentro da ruína de trovão. Logo na entrada, eles encontram Bayer, cavaleiro de prata da Constelação de Pastor. Ryuho decide enfrentá-lo e os outros seguem. Em seguida aparece outra amazona de prata, Bartschius da Constelação de Girafa [???]. Haruto resolve enfrentá-la enquanto os outros continuam. Mais adiante surge Menka da Constelação de Baleia. Assim... Na boa? Girafa, Baleia, Pastor? De onde veem essas constelações? Pesquisei no Google e pior que essas constelações existem.  Ok, já conhecia a Constelação de Baleia da saga clássica, mas que têm algumas constelações meio excêntricas, ah isso têm.  
Souma e Yuna ficam para enfrentá-lo, enquanto Shina e Kouga seguem para dentro da ruína. Lá Kouga encontra Aria e Eden de Orion. Kouga começa a enfrentar Eden, no que parece uma batalha predestinada. Shina pega Aria pelo braço para levá-la até o topo da ruína para destruí-la. Aria ainda hesita. Ela também não quer que Eden se machuque, afinal de contas, ele sempre a protegeu e foi gentil com ela. Mas, mesmo contra a sua vontade, achando também o que é mais certo, Aria segue com Shina para destruir a ruína. Eden ainda tenta impedir, mas Kouga interfere. Ambos lutam num nível igual de forças. Shina e Aria finalmente destroem a última ruína. 
Do lado de fora, as três lutas contra os cavaleiros de prata de Marte terminam e todos são derrotados.
Eden pega o Núcleo do Trovão. Nesse momento, o cosmo de Eden se enche de ódio e ele contra-ataca Kouga. Quando os dois se atacam, Aria corre para impedi-los. Nisso surge uma luz misteriosa. Os olhos de Kouga se corrompem com a maldição de Marte. Parece que todos vão parar numa outra dimensão. As trevas de Marte começam a corromper toda a ruína, absorvendo tudo e todos. E ficamos a ver navios sem saber o que isto quer dizer. 
E um comentário bem sórdido: isso foi a coisa mais sem sentido que já vi em Saint Seiya. E olha que já vi muita coisa. Só com o próximo episódio para saber no que isso deu.
Parece que Poseidon irá aparecer nos próximos episódios de Saint Seiya Omega. Ao que tudo indica, parece ser ainda Julian Solo. Mas, se isso é bom ou ruim, daí já não sei.

Falta menos de duas semanas para começar a 8ª temporada de Supernatural. E eu, nos últimos anos, tenho apostado qual será a música do "The Road So Far". Não que eu tenha acertado, ainda mais, nos gostos da antiga showrunner Sera Gamble. Mas, quem sabe com o Jeremy Carver eu tenho mais sorte? Vamos apostar em uma música do AC/DC, óbvio. Qual? Shoot To Thrill não porque é marca registrada do Homem de Ferro [Iron Man]. Então, até pelo próprio título que é "É Um Longo Caminho para o Topo" que escolhi "It's A Long Way To The Top". Espero que talvez eu acerte. Se eu acertar, vou espalhar esse link para todo o mundo, hehehe.
Falando ainda em Supernatural, é visível a nova cabeleira do Sam. Dean até comenta isso no reencontro do primeiro episódio. O que vocês acharam? Eu particularmente adorei. Confesso que curto homens de cabelo comprido e liso. Mas, vamos combinar que o Dean não está deixando nem um pouco a desejar no requesito beleza.

Pelegrino anda safadinho [mais ainda]. Puxei-o pelo rabo [literalmente] e não adiantou. Gritou, ficou bravo e foi passear no vizinho. Agora está dormindo, depois de encher o buchinho. 

Era isso pessoas, fiquem com mais uma frase de Supernatural e mais fotos do segundo episódio da oitava temporada, What's Up, Tiger Mommy? [O Que Há Mamãe Tigre?].

Até a próxima!

o/




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...