domingo, 19 de agosto de 2012

Batman - O Cavaleiro das Trevas e Saint Seiya Omega 18 e 19


Olá pessoas!

Bem, passaram-se os tumultos, vamos voltando à rotina.

Olhei o Filme O Batman - O Cavaleiro das Trevas [The Dark Knight]. Digamos que o Coringa teve uma participação maior e foi mais relevante ao filme do que o próprio Batman [pena que o ator já morreu, o cinema teve uma grande perda]. O filme é bom, mas tem dois pontos que considero "furos" no filme: o primeiro é a cena do caminhão, onde o Coringa persegue Harvey e Batman persegue o caminhão com o Batmóvel. Com todo o armamento que o Batmóvel tem, por que não atingiu o caminhão? Era só furar os pneus para acabar com a perseguição
. Poderia ter sido sutil ou ainda ter explodido a parte de trás do caminhão. Mas não! Não fez nada e além de tudo detonou o batmóvel, atravessando-o na frente da bazuca do Coringa. E no final, o que aconteceu com o Coringa? Foi preso ou foi levado ao hospício? Ele aparece pendurado num prédio, sendo que o Batman o deixou assim. A polícia chega para pegá-lo, mas não mostra para onde o levaram. Ficou indefinido.
Vamos ver o três, ouvi dizer que é meio parecido com o Homem-Aranha 3: tem muito vilão para pouco filme.

SAINT SEIYA OMEGA

EPISÓDIO 18
As Chamas da Vingança: A Batalha Predestinada de Souma!
Hora de lavar a roupa suja. Souma, Kouga, Yuna e Aria seguem rumo à próxima Ruína, a de fogo. Essa Ruína fica na cidade Natal de Souma. 
Souma relembra os momentos que teve com seu pai e o que fez ele se tornar um cavaleiro. 
Quando chegam perto da ruína, Souma identifica rapidamente o cosmo lá dentro como sendo o de Sonya e entra o mais depressa possível dentro da ruína. Como Kouga, Yuna e Aria não conseguem atravessar as lavas do vulcão [onde a ruína se encontrava], eles procuram outro caminho.
Souma, que está cheio de raiva, começa a enfrentar Sonya. Ela se esquiva e o provoca, dizendo que o pai de Souma, cavaleiro da constelação de Cruzeiro do Sul, implorou pela vida. Sonya tenta usar a raiva de Souma como aliada, para que no momento certo o cavaleiro de Leão Menor baixe a guarda e seja mortalmente atingido. O que Sonya de Vespa não esperava é que Kouga e os outros chegassem a tempo de impedir a fúria de Souma. O jovem cavaleiro dispara um golpe, acertando Sonya, deixando-a ferida. A mesma foge, já que, a princípio não teria o que fazer.
Aria e Souma destroem a ruína de fogo.
Nisso Souma percebe que não pode seguir adiante se não conseguir acertar suas contas com Sonya. Ele abandona o grupo e Kouga, Yuna e Aria seguem sozinhos até a próxima ruína.
Comentário pessoal: até onde eu sei, um cavaleiro de Atena deve proteger Atena e não se preocupar com seus problemas particulares, por mais importantes que sejam. Precisam se dedicar exclusivamente à deusa. Ou seja, Souma está totalmente errado porque não deveria misturar problemas pessoas com seu compromisso como cavaleiro.

EPISÓDIO 19
O Segredo dos Cincos Picos de Rozan: Herde o Espírito de Luta de Seu Pai, Shiryu!
Bem, finalmente o filho de Shiryu, cavaleiro de dragão, Ryuho aparece um pouco mais. Andava sumido. Aliás, bem sumido! 
Kouga, Yuna e Aria chegam aos Cinco Picos de Rozan, onde Shiryu chutou a cachoeira e fê-la correr ao contrário. Haruto os esperava por lá. Totalmente antissocial como sempre.
Todos são recepcionados por Shiryu, que se encontra sentado perto da cachoeira. Mesmo sem ter um único sentido, Shiryu demonstra um grande cosmo. Shunrei aparece em seguida. Ryuho adiantou caminho e foi direto para a Ruína da Água. 
O jovem cavaleiro de dragão constrói uma passagem de pedras sobre o rio para que os outros o alcance. Já próximo da ruína ele encontra Mirfak de Perseu. Sim! Perseu, o cavaleiro de prata com o escudo da Medusa. Na boa? A Medusa do Algol impressionava mais. 
Pois bem, Ryuho apanha um pouco, chega Kouga, Yuna e Haruto para ajudar, Aria se esconde. E Mirfak consegue utilizar o truque mais velho do mundo: usar a medusa para transformar todos em pedra. Todos menos Ryuho que já está cansado de saber da lenda e Aria que atinou a tapar os olhos. Ryuho queima o seu cosmo e, não sendo burro que nem o pai dele, usa devidamente o escudo do dragão e consegue destruir o escudo da medusa e, consequentemente, derrotar o cavaleiro de Perseu. Shiryu queima seu cosmo e envia a seu filho a armadura de Libra. Percebe-se que quando Shiryu queima seu cosmo, ele também possui as marcas de Marte. Logo, não pode queimar muito seu cosmo nem vestir a armadura, caso contrário, morre. 
Ryuho contra sobre as 12 armas da armadura de Libra, dividas em 6 pares. Ele utiliza a espada e consegue abrir passagem para a ruína da água. Ele e Aria a destroem, sobrando o cristal elemento como em todas as outras ruínas. 
Nisso todos sentem um cosmo extremamente forte. Seu nome é Genbu. Ele aparece e toma a armadura que pertencia a Shiryu, a de Libra. Todos ficam decepcionados.
Todos se despedem de Shiryu e Shunrei e seguem seus caminhos rumo à última ruína: Ryuho e Haruto para um lado e Kouga, Yuna e Aria para o outro. 
Comentário sórdido: desde quando um cavaleiro pode tomar posse de uma armadura? Não é a armadura que escolhe o cavaleiro? Não só pegar e morreu. Se bem que Ikki conseguiu vestir temporariamente a armadura de Sagitário, mesmo sem ser o escolhido. E como Genbu não chegou a vestir, apenas a levou embora... Pega ladrão!!!

Pelegrino anda que nem o tempo... Devagar quase parando. Dormindo, atirado, não sabe onde deita. Esse tem vidão! 

Era isso pessoas, deixo para vocês mais uma frase de Supernatural. Até a próxima!

o/



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...